27 de nov de 2011

Eu te amo, Acredite


Eu vou correr livre
Tentando voar
Mesmo que eu não consiga
Não vou morrer sem tentar

E é assim a vida
As vezes injusta
As vezes má
Pode cré que vai chegar
Aquela hora de você ganhar
(não, não, não)
Vai chegar
(vai, vai, vai)

Ai ai
O ar no meu rosto
livre no mundo
Ninguem mais pode me parar
Um anjo na minha direção
por favor não va
Quero você aqui
Eu te amo, acredite

As vezes o mundo é cruel
Somente as vezes
Só as vezes

Na primavera
Com as folhar no chão
E você no meu coxão
(não, não, não)
Você vai?
(Vai, Vai, vai)

Ai ai
O ar no meu rosto
livre no mundo
Ninguem mais pode me parar
Um anjo na minha direção
por favor não va
Quero você aqui
Eu te amo, acredite

E no outono
Por favor não me deixe
Durante o meu sono
Não te perduaria
Me perdoa?

Ai ai
O ar no meu rosto
livre no mundo
Ninguem mais pode me parar
Um anjo na minha direção
por favor não va
Quero você aqui
Eu te amo, acredite

Ai ai
O ar no meu rosto
livre no mundo
Ninguem mais pode me parar
Um anjo na minha direção
por favor não va
Quero você aqui
Eu te amo, acredite

Um comentário:

  1. Vou fazer uma pergunta mesmo que eu esteja sendo burra. Você é que faz essas musicas? São lindas!!!

    ResponderExcluir